Loading


Procedimentos

  • Doenças colorretais e câncer de cólon e reto


    O câncer do intestino grosso (cólon e reto) é o terceiro mais frequente no Brasil e no mundo. Sendo uma das principais doenças colorretais, o problema não tem suas causas completamente conhecidas, mas diferentes fatores parecem atuar para o seu aparecimento. Em sua maioria acredita-se que o tumor tenha origem num pólipo. Com o tempo, esse pólipo transforma-se em um câncer. Como essa transformação exige tempo, é de suma importância que a detecção seja precoce.

    A prevenção envolve uma dieta mais “natural”, rica em frutas, vegetais frescos, cereais e peixes que parecem ter efeito protetor. Recomenda-se ainda a prática de exercícios periódicos, evitar a obesidade, evitar o tabaco e usar o álcool com moderação.

    Os sintomas principais são a perda de sangue nas fezes, alteração da frequência intestinal tanto para prender quanto para soltar, sensação de evacuação incompleta ou tumor no orifício anal. O tratamento do câncer depende da avaliação e estágio. Geralmente os pacientes são submetidos a uma cirurgia e podem completar com quimioterapia e radioterapia, caso necessário. Com os avanços da medicina, os resultados são considerados muito bons. Lembrando que, quanto mais cedo for detectado, mais chances de cura.

image